Cuca dará última chance para Tardelli

O atacante Diego Tardelli, que já havia cometido várias infrações no São Paulo, foi a uma boate, na madrugada de ontem, na Vila Olímpia, mesmo tendo de acordar cedo pela manhã para treinar. O jogador irritou o técnico Cuca, que, como forma de puni-lo, o obrigou a passar a noite de hoje no CT, sozinho. Cuca admite a possibilidade de dispensá-lo, caso o atacante não mude seu comportamento. "Talvez o único jeito seja mandar o Tardelli embora", esbravejou o treinador. "Só o Super-Homem para conseguir ir dormir às 5 horas e treinar às 9 horas."

Agencia Estado,

19 de março de 2004 | 18h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.