Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Cuca destaca qualidade de Bauza: 'É um duelo de treinadores'

Técnico do Palmeiras enche a bola do comandante do São Paulo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2016 | 07h01

O confronto entre São Paulo e Palmeiras neste domingo, às 16h, no Morumbi, colocará frente a frente dois técnicos campeões da Libertadores, casos de Cuca e Edgardo Bauza. O palmeirense assegura que mesmo o argentino não tendo tanto tempo de trabalho no Brasil, já deu uma cara para o time são-paulino.

“Conheço o São Paulo e a gente sabe que eles têm time forte, com um início de jogo muito forte, como vimos na Libertadores. O Bauza tem boas opções e um bom grupo. Têm jogadores rápidos pelos lados de campo, referência boa e gente que sabe pensar o jogo. Tem também a bola parada, que eles costumam ir bem. Temos de ficar de olho nessas coisas que com certeza devem acontecer no jogo”, alertou o palmeirense, que projeta um confronto direto com o comandante são-paulino.

“É um duelo de treinadores também. Eles têm um grande treinador, muito ganhador, mais do que eu. É difícil, me ponho no lugar dele trabalhando na Argentina, com a imprensa de lá, com as dificuldades em conhecer todo o futebol e com a língua. Em pouco tempo ele conseguiu se adaptar e isso mostra a qualidade que ele tem”, completou.

Campeão da Libertadores em 2013, com o Atlético-MG, Cuca sabe que qualquer pista que der do time pode ser usado por Bauza, bicampeão continental - em 2008, com a LDU e em 2014, com o San Lorenzo. “A gente tem que fazer treino fechado, onde monto o São Paulo no time de baixo e trabalho o Palmeiras no titular. Se eu abro para vocês (jornalistas), estou dando arma para o adversário e dizendo que vou fazer. Não fecho treino, mas tenho que segurar uma parte para fazer o meu trabalho”, despistou.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCPalmeirasLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.