Cuca deve substituir novamente o goleiro do Botafogo

A falha no primeiro gol do CSA, na jogo de quinta-feira pela Copa do Brasil, custou ao goleiro Lopes seu lugar no time titular do Botafogo. Júlio César, de 20 anos, que começou a temporada como reserva do reserva, ficará com a camisa 1 na partida contra o Friburguense, no próximo domingo, dia 11, estréia da equipe na Taça Rio (segundo turno do Estadual do Rio).Será uma passagem fugaz: Lopes fazia seu primeiro jogo do ano, no lugar de Max, que foi barrado justamente por causa das falhas cometidas na derrota para o Boavista que tirou o time das semifinais da Taça Guanabara (primeiro turno). Como o Botafogo bateu o CSA por 5 a 2 e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil, o erro de Lopes, que soltou a bola nos pés de Alexandro, não foi tão comprometedor.O goleiro até se virou para as arquibancadas do Maracanã e fez um curioso pedido de desculpas à torcida, mas o técnico Cuca não deve hesitar em fazer nova experiência no gol. No ano passado, Max e Lopes se revezaram no Brasileiro, e nenhum deles conseguiu conquistar a posição definitivamente.O vice-presidente de Futebol do Botafogo, Ricardo Rotemberg, afirmou que o clube não tem a intenção de contratar um novo goleiro para o Campeonato Carioca, mas admitiu a possibilidade de trazer um jogador estrangeiro para a posição. ?Estamos investindo nos nossos três goleiros. Não podemos esquecer que devemos gratidão ao Max?, disse o dirigente. ?Mas, se for necessário, podemos ver um goleiro sul-americano, do Uruguai ou da Argentina."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.