JF diorio/AE
JF diorio/AE

Cuca diz que Atlético-MG 'perdeu 2 pontos' em empate

Volume de jogo apresentado contra o Grêmio, neste domingo, fez com que técnico lamentasse o placar

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2012 | 09h30

BELO HORIZONTE - O técnico Cuca admitiu que ficou decepcionado com o empate do Atlético-MG por 0 a 0 com o Grêmio, domingo, no Estádio Independência, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na opinião do treinador, o time merecia ter conquistado a vitória em Belo Horizonte pelo volume de jogo apresentado no primeiro tempo, quando criou várias oportunidades de gol.

"Desperdiçamos dois pontos pelo primeiro tempo que fizemos, perdemos chances claras, conseguimos fazer nosso jogo na base da velocidade, tivemos chances na cara do gol e não fizemos. O Grêmio teve só uma bola despretensiosa, mas foi a única chance, do Elano. Nós tivemos meia dúzia. Não podemos estar contentes com o empate. No segundo tempo, foi um jogo igual. Era para termos ganhado pelo que jogamos no primeiro tempo, um jogo bonito, bem jogado", disse.

Cuca também reclamou da arbitragem de Héber Roberto Lopes, que não teria marcado duas faltas no atacante Neto Berola, no final do segundo tempo, na entrada da grande área do Grêmio. "Foram duas faltas no Berola, lances que podem definir o jogo, pois temos um exímio batedor de faltas que é o Ronaldo. Ele (o árbitro) inverteu as duas, dando cartão para o Berola", afirmou.

O empate com o Grêmio deixou o Atlético-MG com 52 pontos, em segundo lugar no Campeonato Brasileiro. A equipe mineira volta a entrar em campo na quarta-feira, quando vai enfrentar o Flamengo, no Engenhão, em partida adiada da 14ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAtlético-MGCuca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.