Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Cuca diz que é chato com Alecsandro para ele não desligar do jogo

Atacante é o artilheiro da equipe na temporada

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2016 | 07h00

Autor de nove gols na temporada, Alecsandro vive seu melhor momento com a camisa do Palmeiras e muito se deve ao apoio do técnico Cuca, com quem trabalhou no Atlético-MG. A fase é tão boa que faz com que a estrela Barrios fique no banco de reservas sem qualquer questionamento. O treinador palmeirense admite que pega mais no pé do atacante por saber o que ele pode dar de retorno.

“Sou bem chato com ele. Cobro muito porque ele faz uma função importante que se eu não pegar no pé dele, ele desliga. Vou continuar sendo assim. Ele é importante para nós e tem uma concorrência grande com o Cristaldo, Barrios e até o Gabriel Jesus”, comentou Cuca.

Uma característica de Alecsandro é sua dedicação e vontade. “Ele está me servindo com o coração. Às vezes, até abrindo mão de jogar adiantado, como gosta, mas pensando no coletivo. Eu já tinha trabalhado com ele e o Jô assim (no Atlético-MG). Ele é experiente e vencedor e pode nos ajudar ainda mais. Mas sempre tenho que estar cobrando”, ponderou o técnico.

O elenco do Palmeiras volta aos treinos nesta quarta-feira e Cuca começa a definir o time para encarar o Santos, domingo, na Vila Belmiro. Dudu e Gabriel, desgastados, ficaram no banco de reservas diante do São Bernardo e podem aparecer entre os titulares no clássico.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCuca (técnico)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.