Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Cuca diz que guarda camisa de Ceni e vê homenagens justas no Castelão

Ex-goleiro encontra o treinador, com quem trabalhou no São Paulo, neste domingo, agora no comando do Fortaleza

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2019 | 16h26

O reencontro do São Paulo com Rogério Ceni foi o principal tema da entrevista coletiva do técnico Cuca nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda, na zona oeste da capital paulista. O treinador tricolor disse que guarda uma camisa do atual comandante do Fortaleza. As torcidas dos dois clubes preparam uma festa em conjunto na Arena Castelão, em Fortaleza, para o ex-goleiro antes da partida deste domingo pelo Campeonato Brasileiro.

Para Cuca, as homenagens são justas e merecidas. "Também guardo uma camisa do Rogério que ele me deu no último confronto que a gente teve. Acho que eu estava com o Atlético-MG. Lógico que tem que ter uma comemoração. Jogador servir 25 anos a um clube só, ainda mais no nosso país que é tão acostumado a jogador rodar. Ele jogou só no São Paulo, não me lembro de cabeça quantos jogadores no Brasil tiveram isso. Justo e merecido que ele tenha essas homenagens da torcida", afirmou.

Apesar do clima festivo dos torcedores, Cuca alertou para a dificuldade de enfrentar o Fortaleza na Arena Castelão. A partida será realizada neste domingo, às 19 horas, pela quarta rodada do Brasileirão.

"A gente não trata diferente, não vamos jogar contra o Rogério e sim contra o Fortaleza, que é bem dirigido pelo Rogério. Não tem um motivo para agir de forma diferente. É um jogo que pode nos levar à liderança. É um jogo festivo pelos motivos que falamos, mas é um jogo duro. O Fortaleza vem em uma sequência em casa, o estádio vai estar lotado", analisou Cuca, que acredita que Rogério Ceni está tranquilo para o reencontro com seu ex-clube.

"Acho que ele está tranquilo. Ele só deve ter um sentimento pelo São Paulo, que é de amor. Ele viveu mais tempo aqui do que na casa dele. São 25 anos de São Paulo. Lógico que é uma partida, mas acho que está preparando o time dele de uma forma natural", completou o treinador tricolor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.