Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Cuca diz que Palmeiras teve sorte e vê 'empate com sabor de derrota'

Técnico lamenta 'gol espírita' sofrido pelo São Paulo no clássico deste sábado

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2019 | 22h14

O técnico Cuca lamentou o empate sofrido pelo São Paulo no clássico contra o Palmeiras, na noite deste sábado, no Morumbi, pela décima rodada do Brasileirão. O treinador falou que o resultado tem "sabor de derrota".

O São Paulo saiu na frente no marcador e teve chances de matar a partida, mas sofreu o empate por 1 a 1 com um gol "de sorte", na avaliação de Cuca. No lance, Dudu chutou, a bola desviou em Reinaldo, bateu na trave, voltou nas costas de Tiago Volpi e entrou.

"Um empate desse com sabor de derrota é muito dolorido. Isso dói mais neles (jogadores) e em mim do que em todo mundo aí. Temos que saber diferenciar um gol desse. Se não acontece, o São Paulo estaria sendo elogiado pelo que produziu. A gente tem que diferenciar o resultado do desempenho", afirmou Cuca.

"O Palmeiras teve uma sorte incrível, um gol espírita. Acho que a iluminação atrapalhou o Volpi. Ele foi atrapalhado e muda todo o jogo, bem na hora que o Toró estava para entrar e matar no contra-ataque. Lamentável. Não era o que a gente queria. Apesar de o Palmeiras ter tido mais posse de bola no segundo tempo, nós tivemos mais chances", acrescentou.

O São Paulo está em oitavo lugar na tabela, com 15 pontos. Na próxima rodada, a equipe recebe a Chapecoense no Morumbi.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.