Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Cuca diz que São Paulo não jogou mal e pede persistência

Técnico avalia atuação da equipe no empate sem gols com o Avaí e diz entender críticas dos torcedores

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2019 | 23h55

Na avaliação do técnico Cuca, o São Paulo não jogou mal no empate sem gols com o Avaí. A partida aconteceu na noite deste sábado, na Ressacada, pela oitava rodada do Brasileirão.

Com o resultado, o São Paulo chegou a seis jogos sem vencer, seu maior jejum na temporada. A sequência negativa tem três derrotas e três empates.

"Não consigo ver que o São Paulo jogou mal. Teve todas as movimentações que se pode, somos uma equipe que joga com um volante, um segundo volante que chega bem, fazemos as movimentações, mas não está vindo o resultado. Nesses seis jogos sem vitórias, é difícil apontar um jogo que a gente tenha sido extremamente pior que o adversário. O que mais lastima é que vai perdendo a confiança por não vir o resultado. Por isso não finaliza tanto, não está com a confiança em dia. Tem que ter persistência para sair desse momento ruim", afirmou Cuca, que disse entender as críticas dos torcedores são-paulinos que foram ao estádio.

"Acho que o torcedor não vai entender, como vai entender um time grande ficar em uma série assim sem vencer? Isso vai acabar quando vencer jogos. Temos coisas importantes por fazer. Vamos seguir o que planejamos", disse Cuca.

"Os jogadores já aqueceram pressionados, foram cobrados antes do jogo. Mas não é desculpa, não deixamos de ganhar por causa do torcedor. Pelo contrário: vieram de São Paulo, encheram nossa parte, mas não fomos capazes de dar a vitória", acrescentou o treinador.

O São Paulo soma 13 pontos no Brasileirão. Na próxima rodada, a equipe visita o Atlético-MG na quinta-feira, às 20h, no Independência. Será a última partida antes da pausa do campeonato para a disputa da Copa América.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.