Cuca é punido com dois jogos de suspensão pelo STJD

Os jogadores do Cruzeiro não poderão contar com as instruções do técnico Cuca à beira do gramado nas últimas duas partidas do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o treinador foi suspenso por dois jogos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por conta das reclamações durante o polêmico duelo com o Corinthians, no dia 13.

AE, Agência Estado

26 de novembro de 2010 | 18h48

No mesmo julgamento, o presidente Zezé Perrella foi suspenso por 30 dias e recebeu multa de R$ 15 mil. Após a partida, o dirigente havia insinuado que o árbitro Sandro Meira Ricci teria recebido dinheiro para beneficiar o Corinthians. O Cruzeiro também foi multado, em R$ 2 mil, por ter atrasado o reinício da partida, no segundo tempo.

Pivô do lance polêmico da partida decisiva, o zagueiro Gil recebeu um jogo de suspensão no mesmo julgamento, por ter recebido cartão vermelho. Ele poderá enfrentar o Flamengo, domingo, por já ter cumprido suspensão automática. Segundo relato do árbitro na súmula, Gil "deu um tranco nas costas" de Ronaldo na jogada que gerou o pênalti para o time paulista. O próprio atacante converteu a penalidade e garantiu a vitória do Corinthians.

Também expulso no duelo, o meia Gilberto recebeu apenas um jogo de gancho, mas não poderá defender o Cruzeiro neste final de semana. Ele cumprirá a suspensão pelo cartão vermelho, após ficar de fora da partida contra o Vasco, por ter sido advertido com terceiro cartão amarelo no mesmo jogo com o Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.