Divulgação
Divulgação

Cuca estuda mudanças no ataque da equipe palmeirense

Técnico pode escalar Palmeiras sem centroavante fixo

Estadão Conteúdo

23 de maio de 2016 | 10h35

Ainda sem saber quando poderá voltar a contar com Barrios, o técnico Cuca já começa a trabalhar a possibilidade de mudar o esquema tático do Palmeiras. A equipe deixaria de jogar com um centroavante e passaria a atuar com atacantes mais velozes, pelas beiradas do campo.

Barrios reclamou de dores na panturrilha direita na quinta-feira e deixou o treino mancando. No dia seguinte, no entanto, ele apareceu na lista de atletas relacionados para enfrentar a Ponte Preta. No sábado, momentos antes do jogo, veio a surpresa: o paraguaio não viajou para Campinas.

Cuca, então, colocou Alecsandro no ataque. A escolha não deu certo e, no intervalo, o treinador botou Rafael Marques em campo. Mas o setor ofensivo continuou rendendo abaixo do esperado.

Por isso, Cuca cogita escalar Dudu desde o início, quarta-feira, diante do Fluminense, no Allianz Parque. Assim, o trio de ataque seria formado por Roger Guedes, Gabriel Jesus e Dudu, e o time deixaria de ter um "camisa 9" de ofício em campo.

Nesta formação, quem passaria a jogar mais avançado, como referência ofensiva, seria o garoto Gabriel Jesus. "Eu gosto do Jesus como centroavante, quero poder vê-lo jogando dessa forma", justificou Cuca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.