Cuca evita lamentar revés 'injusto' para o Atlético-MG

Depois de ver o Atlético-MG cair por 1 a 0 diante do São Paulo, no último domingo, no Morumbi, o técnico Cuca qualificou como injusto o resultado do confronto. O treinador, porém, elogiou a atuação da sua equipe e evitou ficar lamentando o revés. O comandante preferiu já projetar o duelo do próximo sábado, contra o Náutico, às 21 horas, em Belo Horizonte, pela sexta rodada do Brasileirão.

AE, Agência Estado

18 de junho de 2012 | 09h36

"Esse campeonato é um campeonato de regularidade. A gente tem que saber administrar uma derrota. Perdeu, e não merecia perder, e a gente tem que levantar a cabeça para poder ganhar no sábado. Futebol é assim: se hoje a gente ficar se lamentando, a gente não ganha sábado", afirmou o treinador, que aposta no fator campo no Estádio Independência para superar a equipe pernambucana.

"Temos que tirar as lições e conclusões do que a gente fez neste jogo, principalmente no primeiro tempo (no qual Luis Fabiano marcou o gol da vitória são-paulina), e sábado buscar a vitória com o apoio do nosso torcedor", completou.

Já o meia Ronaldinho Gaúcho, que teve uma atuação discreta diante do São Paulo em sua segunda partida com a camisa do Atlético-MG, destacou que o time precisa melhorar o seu desempenho ofensivo a partir do próximo sábado. O jogador estreou na vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, no último dia 9, no Pacaembu, mas mesmo naquele duelo ele acha que o time deveria ter aproveitado melhor as chances que teve de marcar gols.

"Acho que o Brasileiro é o campeonato mais técnico do mundo. Então, agora é se preparar. Já é o segundo jogo que a gente cria oportunidades e não faz gol. Agora é treinar, com a cabeça no lugar, para continuar ainda entre os primeiros, que é o nosso objetivo", disse o craque, que depois admitir que ainda precisa evoluir e ganhar entrosamento com os seus novos companheiros.

"Pouco a pouco a gente está evoluindo. São apenas 12 dias ao lado deste grupo (desde que deixou o Flamengo e se apresentou ao Atlético-MG), pouco a pouco a gente vai se conhecendo e o objetivo é estar bem o quanto antes", projetou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.