Cuca exalta atuação de Erick Flores no Flamengo

O atacante Josiel marcou três gols na vitória do Flamengo sobre o Madureira por 4 a 2, mas não foi o único destaque da partida. Com duas assistências o jovem Erick Flores, que substituiu Léo Moura, suspenso, foi fundamental para a recuperação do time da Gávea após a derrota do Vasco e teve sua atuação elogiada pelo técnico Cuca.

AE, Agencia Estado

25 de março de 2009 | 20h28

"Ele é importantíssimo pela criatividade, dá agilidade ao time, é dinâmico", elogiou o técnico Cuca, aliviado após a goleada, pois convive há semanas com a ameaça de demissão. Erick Flores não conseguiu atuar o tempo todo por causa de uma pancada sofrida no tornozelo. Saiu de campo aos 15 minutos do segundo tempo aplaudido de pé. "Fico muito feliz quando me comparam com o Adílio. Mas ele é incomparável", afirmou.

Desde sua promoção para o time profissional, ano passado, Erick Flores jamais conseguiu disputar uma partida inteira pelo Flamengo. Não teve sorte com Caio Júnior no comando da equipe, embora tenha iniciado outro jogo, contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro. "Tudo tem seu tempo", ponderou Cuca.

"Ele é muito habilidoso e parte para dentro", comentou Josiel, que agora luta pela artilharia do Carioca, em agradecimento pelos passes que resultaram em dois dos seus três gols contra o Madureira.

Mais conteúdo sobre:
futebolFlamengoErick Flores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.