Cuca exige vitória do Botafogo sobre o Boavista

Mesmo classificado, técnico quer vencer o duelo deste sábado para elevar o ânimo dos jogadores

Sílvio Barsetti, O Estado de S. Paulo

04 de abril de 2008 | 20h00

Já classificado para a fase semifinal da Taça Rio, o Botafogo joga neste sábado, às 15h30, contra o Boavista, no Engenhão, para cumprir tabela e atender aos interesses do atacante Wellington Paulista, artilheiro do Campeonato Carioca, com 13 gols, e disposto a aumentar sua diferença para o vice-líder Washington, do Fluminense, com 9. Por isso, o técnico Cuca manteve Wellington Paulista no time e praticamente poupou quase todos os outros titulares.   A medida é para dar descanso à equipe principal, que terá no meio de semana compromisso decisivo pela Copa do Brasil, contra o River-PI, no Rio, e logo em seguida disputará a semifinal da Taça Rio, o segundo turno do Carioca.   Botafogo Castillo; Índio, Ferrero, Edson e Eduardo; Túlio Souza, Abedi, Zé Carlos e Marcelinho; Wellington Paulista e Fábio Técnico: Cuca Boavista Erivelton; Flávio Medina, Fábio Braz, Bruno Costa e Paulo Rodrigues; Roberto Lopes, Thiaguinho, Bruno Moreno e Rodrigo; Diogo e Fábio Saci Técnico: Mário Marques Árbitro: Simone Xavier de Paula e SilvaEstádio: Engenhão, no Rio de JaneiroHorário: 15h30 No entanto, Cuca exige a vitória, até, segundo ele, para dar ânimo à equipe. "Vamos entrar para vencer, como sempre; um bom resultado será importante para manter o time motivado", disse o treinador, que resolveu escalar o zagueiro Ferrero e o meia Zé Carlos, recuperados de contusão.   Se para o Botafogo o confronto desta tarde mais parece um amistoso, o visitante tem outras pretensões que lhe podem trazer uma classificação inédita à Série C do Campeonato Brasileiro. Com 19 pontos na soma total da competição, o Boavista precisa da vitória para assegurar a vaga.   "Não há como negar o favoritismo do Botafogo, mesmo com um time cheio de reservas. Mas estamos com o foco no nosso objetivo e podemos fazer história para o Boavista", declarou o técnico Mário Marques.

Tudo o que sabemos sobre:
BotafogoEstadual do Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.