Cuca festeja manutenção da base no Cruzeiro

Depois de ajudar o Cruzeiro a assegurar uma vaga na Copa Libertadores de 2011, feito obtido com o vice-campeonato brasileiro no ano passado, o técnico Cuca festejou, nesta sexta-feira, o fato de iniciar esta temporada contando com a manutenção da base do seu elenco. O treinador perdeu apenas o lateral-direito Jonathan, negociado com o Santos, do time considerado titular do ano passado.

AE, Agência Estado

14 de janeiro de 2011 | 16h02

"Fizemos o possível para manter uma base forte e sólida como a gente tem. Perdemos um ou outro jogador. É natural que, daqui a pouco, você encaixe um outro jogador dentro do grupo. Por isso temos tido bastante cautela, para não ter erro. O time no ano passado, no geral, foi muito bem. Chegamos até a última rodada disputando o título. Vencemos o último jogo, contra o Palmeiras, o penúltimo, contra o Flamengo, o antepenúltimo, contra o Vasco. Quer dizer, adversários difíceis. Chegamos firmes para buscar o título mas, infelizmente, não foi possível", afirmou Cuca.

E o treinador enfatizou a necessidade de o clube lutar para manter os seus principais jogadores durante o ano, tendo em vista o fato de que disputará o Campeonato Mineiro, a Copa Libertadores e o Brasileirão nesta temporada.

"Eu acredito que grande parte da base vai ser mantida, já que a maioria tem contrato em vigor. Quando você tem jogadores de ponta, como o Cruzeiro tem, sempre existe procura. Mas isso é natural. Temos um bom time, confiável, forte. Temos algumas carências, como qualquer outra equipe tem, mas não podemos abrir mão da qualidade que a gente tem. Se mantivermos o mesmo espírito de luta, determinação, aplicação e a qualidade que a equipe teve no ano passado, temos tudo para passar bem neste ano também", analisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.