Divulgação /AE
Divulgação /AE

Cuca lamenta chances perdidas em empate atleticano

Time mineiro tem duas rodadas para conseguir vaga direta na Libertadores

AE, Agência Estado

19 de novembro de 2012 | 09h49

BELO HORIZONTE - O Atlético-MG perdeu no último domingo a chance de retomar a segunda colocação do Campeonato Brasileiro, principal objetivo desde que o Fluminense garantiu o título. O empate por 2 a 2 diante do Atlético-GO, após estar perdendo por 2 a 0, manteve a equipe em terceiro, atrás do Grêmio. O técnico Cuca lamentou a quantidade de gols perdidos - foram cinco bolas na trave - e avaliou que eles foram fundamentais para o resultado.

"Não dá para dizer o Atlético-MG jogou mal. Foram 25 finalizações, cinco bolas na trave. Se entram duas, você vence o jogo. Foi um jogo tenso porque saímos atrás logo com três minutos e depois levamos outro gol, mas jogamos o suficiente para vencer. Não fossem tantas chances perdidas, teríamos vencido", declarou.

No entanto, o empate conseguido aos 45 minutos do segundo tempo, com o gol de Ronaldinho Gaúcho, manteve o Atlético-MG a um ponto do Grêmio, que também empatou na rodada - 67 a 66. Agora o time mineiro tem dois jogos, contra Botafogo e Cruzeiro, para ultrapassar os gaúchos e conseguir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores do ano que vem.

Além disso, o resultado de domingo fez com que o Atlético-MG mantivesse sua invencibilidade atuando em casa neste Brasileirão. "Menos mal que ainda tem uma invencibilidade grande em casa. Vamos buscar o vice-campeonato. Temos o Botafogo e o clássico para buscar seis pontos", disse Cuca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAtlético-MGCuca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.