Cuca lamenta dia ruim do Atlético-MG, mas pede calma

O Atlético Mineiro desperdiçou a chance de voltar à liderança do Campeonato Brasileiro ao perder para o Náutico por 1 a 0, domingo, no Recife, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Cuca lamentou o tropeço e reconheceu que a equipe teve uma atuação ruim no Estádio dos Aflitos.

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2012 | 11h57

"O time não se encontrou, nossa velocidade não apareceu, é um campo difícil. Foi uma situação em que o dia foi ruim e perdemos", disse o treinador, admitindo que o Náutico mereceu superar o Atlético-MG, que sofreu a sua terceira derrota no Campeonato Brasileiro.

Cuca ressaltou que o tropeço não pode abalar o time mineiro, que segue fortalecido na luta pelo título nacional e só dependendo das suas forças para ser campeão. "Temos que ter a grandeza de administrar este mal resultado, tirar lições e seguira adiante porque a conquista do título depende só de nós", afirmou.

Com a derrota, o Atlético-MG permanece na segunda colocação no Campeonato Brasileiro, com 51 pontos, dois a menos do que o líder Fluminense, mas com um jogo a menos. O time volta a entrar em campo no próximo domingo, quando receberá o Grêmio no Estádio Independência.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAtlético-MGCuca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.