Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Cuca lamenta não poder inscrever reforços para finais do Paulistão

Alexandre Pato, Tchê Tchê e Vitor Bueno só podem atuar no Brasileiro e na Copa do Brasil

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2019 | 04h30

Após a vitória nos pênaltis sobre o Palmeiras, resultado que classificou o São Paulo para a final do Campeonato Paulista pela primeira vez em 16 anos, o técnico Cuca lamentou não poder contar com os reforços que o clube acabou de contratar. O meia Vitor Bueno, o volante Tchê Tchê e o atacante Alexandre Pato chegaram após o fim do período de inscrições e só vão poder atuar no Campeonato Brasileiro – o time estreia dia 28 diante do Botafogo – e na Copa do Brasil. Nenhum deles está inscrito no torneio estadual.

“O ponto negativo (da classificação) é que não podemos contar com os reforços. Mas o positivo é o astral do grupo. Esta conquista faz com que os meninos amadureçam muito e se fortaleçam”, disse o treinador.

Os três já estão integrados ao elenco e treinando normalmente. Eles estiveram no treino aberto que a diretoria promoveu no sábado, véspera do clássico, para motivar o elenco. Alexandre Pato chega para ser titular, provavelmente atuando pelos lados do campo. Tchê Tchê, que prefere ser escalado como volante, deve disputar posição com Liziero. Já o meia Vitor Bueno vai disputar posição com Igor Gomes e Nenê.

Cuca revelou que a classificação para a final do Campeonato Paulista mudou o planejamento. "Já tinha programado na cabeça. Se perco hoje, o que era uma coisa natural, eu trabalharia três semanas para jogar contra o Botafogo no Brasileiro. Iria uma semana pra Cotia, tudo planejado na minha cabeça. Nosso projeto maior é o Brasileiro e a Copa do Brasil. Agora não! Agora passa a ser a final do Paulista, que vai condicionar para o Brasileiro. É melhor estar competindo do que só treinando ", disse Cuca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.