Cuca mantém mistério no Atlético-MG antes do clássico

Técnico repete estratégia de Joel Santana no Cruzeiro para partida desde domingo

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2011 | 20h37

BELO HORIZONTE - Assim como Joel Santana no Cruzeiro, o técnico Cuca também faz mistério para revelar o time do Atlético-MG que vai a campo na Arena do Jacaré, domingo, no clássico mineiro da última rodada do primeiro turno do Brasileirão. Nesta sexta-feira, ele comandou um treinamento fechado na Cidade do Galo, em Vespasiano.

"Nós fizemos o nosso treino. Trabalhei um pouco a parte tática sem a imprensa, mas depois abri o resto normal. Já está tudo ajeitado. Amanhã (sábado) a gente faz mais um treino tático para decidir a equipe", explicou Cuca.

O treinador, que concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, também justificou os cortes feitos no elenco durante a semana. Sete jogadores não treinam mais com o grupo comandado por Cuca. Guilherme Santos, Toró, Wendel, Giovanni Agusto e Patric foram afastados, enquanto Roger e Leleu voltaram às divisões de base. Segundo ele, o motivo não foi outro senão a necessidade de reduzir o grupo.

"É muito desagradável enxugar o elenco, mas, para dar uma melhorada no trabalho, era preciso fazer o que a gente fez. Ninguém dispensou nenhum jogador como foi falado. Estava muito grande o grupo, como ainda acho que está", alegou Cuca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.