Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Cuca muda esquema tático e esboça Santos ofensivo contra o Ceará

Treinador que aproveitar jogo de ida das oitavas de final para conquistar boa vitória e assim jogar com tranquilidade no Castelão

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de outubro de 2020 | 05h00

O esquema com três zagueiros adotado por Cuca durou apenas um jogo. A derrota para o Fluminense não foi bem aceita pela torcida, sobretudo pelo esquema defensivo, e o técnico retoma a ofensividade nesta quarta-feira, às 16h, diante do Ceará. Atuando na Vila Belmiro, o Santos vai ao ataque em busca de boa vantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil.

O Santos sabe das dificuldades que terá em Fortaleza e espera levar uma vitória na bagagem para evitar sofrimento. No Brasileirão, apesar do 1 a 0 no Castelão, os donos da casa criaram muitas chances e mereciam resultado melhor.

Fazer valer o fator casa será vital para as pretensões do Santos. Cuca quer fechar a temporada com ao menos uma taça e a Copa do Brasil é vista com bons olhos. E já palestrou ao grupo para que mostre sua força no duelo de ida.

"Temos o fator casa nesse primeiro jogo. Precisamos fazer gols nessa primeira decisão e assim poder decidir lá com uma vantagem", afirmou o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, autor do gol da vitória pelo Brasileirão no Castelão. Ele lamenta, contudo, a falta do torcedor santista no estádio.

Cuca vai investir em Soteldo, Marinho e Lucas Braga na frente. Mas diferentemente do jogo do Rio, no qual faltou alguém para distribuir as jogadas, desta vez deve apostar em um meia. Jean Mota ou Arthur Gomes pode ser a "válvula de escape" para a bola chegar na frente.

"Nossa ambição é chegar na final e ser campeão. Espero que o time atue bem. Com isso, a vitória será consequência", finalizou Felipe Jonatan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.