Cuca não dá pistas se Danilinho será titular em clássico

Líder do Campeonato Brasileiro e com o título simbólico do primeiro turno já garantido, o Atlético-MG faz o clássico mineiro contra o Cruzeiro neste domingo, às 18h30, no Estádio Independência, e o técnico Cuca não tem do que reclamar. Só terá um desfalque - o meia Escudero, suspenso -, mas terá o retorno de Danilinho, que faz a mesma função.

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2012 | 20h21

A dúvida é quem será o titular no meio-campo. Danilinho disputa posição com Guilherme, mas o técnico Cuca não quer dar pistas a Celso Roth. Nesta quarta-feira ele comandou dois treinos, um em cada período, sem indicar qual dos dois estará em campo no Independência.

Na atividade da tarde, Cuca separou o elenco em quatro times de seis jogadores, mesclando titulares e reservas. Danilinho e Guilherme ficaram em times separados. Outro que volta a ficar à disposição depois de se recuperar de lesão é Neto Berola, mas ele será reserva no clássico.

O capitão Réver é presença certa e fará, no clássico, o seu centésimo jogo com a camisa do Atlético-MG. "Espero que a marca venha acompanhada de coisas positivas no clássico e que, na tarde de domingo, a gente possa ser competente para sair com a vitória", disse zagueiro. "Nosso objetivo é o primeiro turno com uma vitória", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.