Fabio Motta/AE
Fabio Motta/AE

Cuca nega que tenha se oferecido para treinar São Paulo

Após ser demitido, Muricy afirmou que o treinador flamenguista havia pedido emprego para Juvenal Juvêncio

Agencia Estado

22 de junho de 2009 | 10h10

Depois de ver o Flamengo vencer o Internacional por 4 a 0, no domingo, o treinador Cuca fez questão de comentar as acusações de Muricy Ramalho, ex-técnico do São Paulo. No sábado, Muricy afirmou que o comandante flamenguista havia ligado para Juvenal Juvêncio, presidente do clube paulista, e se oferecido para assumir a equipe do Morumbi.

Veja também:

linkCuca comemora goleada, mas já pensa no clássico

lista Baixe o papel de parede dos mascotes do Brasileirão

especialVisite o canal especial do Brasileirão

especialJogue o Desafio dos Craques

lista Brasileirão - Calendário

tabela Brasileirão - Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Ele pôs em xeque o meu caráter. E eu sofri muito para entender o que estava acontecendo. Advogados me ligaram dizendo 'entra com ação judicial', mas não vou entrar com nada. Gostaria de dizer ao Muricy que, se ele sentiu-se lesado ou prejudicado por eu ter amizade com o pessoal do São Paulo, que ele me desculpe, essa não foi minha intenção. Jamais pediria emprego para algum presidente ou diretor. Jamais pedi e jamais pedirei", disse o treinador.

Segundo Muricy, Cuca teria se oferecido para assumir o São Paulo, e para tanto pediria demissão do clube carioca. Mas o treinador negou que tenha a intenção de se demitir. "Eu só saio do Flamengo quando o Flamengo me demitir. Não guardo mágoa nem rancor, entendo o momento, porque de repente é 'picuinha', que chega de forma errada, porque acho o Muricy um cara correto, honesto, sério, que fala o que pensa."

O novo treinador do São Paulo é Ricardo Gomes, ex-zagueiro da seleção brasileira, que estava à frente do Monaco, no futebol francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.