Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Cuca nega veto a estrangeiros no Santos: 'Indiquei o Nicolás Blandi'

Treinador diz que 'gosta de bom jogador independentemente de que país ele seja'

Estadão Conteúdo

17 Agosto 2018 | 18h34

O técnico Cuca negou nesta sexta-feira que tenha vetado a contratação de jogadores estrangeiros no Santos. Para exemplificar que não tem nada contra a chegada de atletas de fora do país, informou alguns gringos que ele indicou em outros clubes e no próprio time albinegro.

"É mentira isso que falam de mim. Trouxe diversos estrangeiros. O Lugano, o Montillo e o Mina, por exemplo. Para o presidente do Santos, indiquei o Nicolás Blandi (centroavante argentino, do San Lorenzo). Disse até que ele era mais necessário para nós do que o Marco Rubén (atacante do Rosario Central). Gosto de bom jogador independentemente de que país ele seja. Se não vieram, aí não é comigo. Não sou o responsável por isso. Ficam falando: 'o Cuca não quis esse ou aquele'. Se não veio, paciência", desabafou.

O Santos falhou na tentativa de acertar com um centroavante que atua no exterior. Além de Blandi e Rubén, o clube teve na mira Marcelo Moreno, do Wuhan Zall, da China, e Vagner Love, do Besiktas, da Turquia. No entanto, a janela de transferências de atletas de clubes estrangeiros terminou na última quarta-feira.

Cuca evitou lamentar essas perdas. Na opinião dele, o elenco tem qualidade e capacidade para reagir no Campeonato Brasileiro e de seguir na Libertadores. No sábado, o time alvinegro recebe o Sport, na Vila Belmiro, pela 19ª rodada da competição nacional, na tentativa de sair da zona de rebaixamento. Na terça-feira, visitará o Independiente, na Argentina, no jogo de ida das oitavas de final do torneio continental.

"Vamos trabalhar em cima de tudo o que a gente puder para na próxima semana fazer um bom jogo. Dificuldade vai existir, mas tem que estar preparado para ela e fazer um bom jogo", afirmou o treinador. "Tenho conversado muito com o elenco. Está sendo bom. Tentamos ser o máximo que dá. É importante estar com todos bem fisicamente", finalizou Cuca.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.