Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Cuca prevê maratona de jogos com elenco reduzido e pede reforços para a diretoria

Treinador está preocupado com o número de jogadores que dispõe atualmente no clube

Redação, Estadão Conteúdo

03 de setembro de 2020 | 08h17

O técnico Cuca não pode nem ouvir falar na possibilidade do atacante Marinho ser negociado com a equipe do Al-Nassr, da Arábia Saudita. Com elenco do Santos na "conta do chá" ou seja reduzido, o treinador fez um apelo à diretoria do clube para que nenhum jogador saia de clube e o plantel seja encorpado.

"Se você vende um Marinho, Soteldo, Lucas Veríssimo ou Carlos Sanchez, não vai conseguir repor no mesmo nível porque não tem reposição no mercado", disse o treinador. "Além do Brasileiro, que até fevereiro será disputado quase todo domingo e quarta, ainda temos competições importantes como Libertadores e Copa do Brasil."

Cuca revelou que vai rodar bastante os jogadores com a intenção de poupar os atletas da maratona de jogos. O técnico deu como exemplo o que ocorreu com o meio-campista Jean Mota, que sentiu um problema muscular após dois minutos no gramado. "É muito desgastante e temos de criar alternativas."

O técnico exemplificou a agenda complicada que o time vai ter para os próximos dias. "Jogamos hoje e no sábado temos o Ceará, em Fortaleza. Depois pegamos Atlético-MG e São Paulo antes do confronto com o Olímpia (Libertadores). Precisamos planejar direito para ter o melhor time em campo. Por isso tudo, não podemos vender nossos melhores jogadores. Sabemos das dificuldades financeiras do clube, que também nos impedem de contratar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.