Cuca promete um São Paulo ofensivo

O técnico Cuca e os seisreforços serão apresentados na manhã desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, mas a principal mudança no São Paulo para 2004 vai estar no esquema tático. O treinador já avisou que vai dar prioridade a um time ofensivo, bem diferente do que ocorreu na maior parte do Campeonato Brasileiro com seu antecessor, Roberto Rojas, que escalou, em muitas partidas, apenas um atacante e quatro volantes. O novo comandante são-paulino admite, até, a possibilidade de utilizar três jogadores na frente, como fez na época do Goiás, quando pôs em campo Araújo, Grafite e Dimba juntos. O São Paulo vai ter Luís Fabiano, Grafite e mais um atacante ou pelo menos um meia que chegue bastante ao ataque e finalize, como Danilo, Vélber ou Marquinhos, que pode ter sua contratação concretizada na tarde desta segunda. Faltam poucos detalhes para que o meia acerte com o clube paulista. Diego Tardelli, apesar dos últimos atos de indisciplina, é considerado atleta de grande potencial e vai brigar por uma posição de titular. Cuca vai comandar o primeiro treinamento na tarde desta segunda-feira, no CT. A comissão técnica preferiu fazer a pré-temporada em São Paulo e não sair para outra cidade ou país, embora tivesse recebido convite da África do Sul e dos Estados Unidos. ?Resolvemos ficar em São Paulo por causa do pouco tempo que teremos para a pré-temporada?, explicou João Paulo de Jesus Lopes, diretor de Planejamento. O primeiro compromisso do time será no dia 21, na estréia do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta, noMorumbi. A Justiça deverá dar, nesta segunda-feira, nova resolução sobre o caso envolvendo São Paulo e a patrocinadora LG Eletronics. Mesmo que os coreanos não permaneçam no clube em 2004, o presidente Marcelo Portugal Gouvêa, que retornou dos Estados Unidos, disse que exigirá receber compensação financeira dos coreanos pelo mês de janeiro. O dirigente alega que a equipe está usando a marca da empresa de eletroeletrônicos na Copa São Paulo de Juniores.

Agencia Estado,

11 de janeiro de 2004 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.