Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Cuca revela plano de relacionar Bruno Henrique para enfrentar a Ponte Preta

Técnico promete Palmeiras com força máxima, mas por temer desgaste de jogadores, pensa em promover estreia de volante

O Estado de S. Paulo

23 de junho de 2017 | 19h13

A maratona de jogos e os desfalques no meio-campo devem abrir espaço para o Palmeiras promover a estreia de Bruno Henrique neste domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro. O técnica Cuca afirmou nesta sexta-feira, durante entrevista coletiva na Academia de Futebol, que pretende deixar pelo menos como opção para o segundo tempo o reforço trazido recentemente.

A equipe treinou nesta sexta-feira à tarde durante uma hora com os portões fechados. O treinador não definiu o time e adiou essa tarefa para a atividade de sábado. "Vou usar o que de melhor eu posso. Quem sabe não aproveitamos o Bruno Henrique? Pode ficar no banco e, em uma necessidade, entrar. São alternativas que nós temos", afirmou.

Bruno Henrique veio do Palermo e foi apresentado pela diretoria na última quinta-feira. Mesmo sem estar nas condições físicas ideais e sem jogar desde maio, o volante garantiu estar à disposição do técnico e já tem a documentação regularizada. A opção diminui os problemas para o setor, pois Felipe Melo e Thiago Santos continuam machucados e sem condições de atuar.

No setor ofensivo os problemas continuam. Keno sentiu dores musculares e não treino. Dudu se recuperou de uma lesão na virilha e pode ficar no banco de reservas. "Vamos ver se o Dudu começa jogando ou não. Vamos pela necessidade do jogo. Temos que respeitar e entender a fisiologia para ter um risco menor de lesão", comentou.

O temor do técnico é perder possíveis titulares para o jogo seguinte do Palmeiras. Na quarta, no Allianz Parque, a equipe recebe o Cruzeiro, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.