Cuca revela sonho de comandar a equipe do Palmeiras no futuro

Cuca revela sonho de comandar a equipe do Palmeiras no futuro

Técnico foi jogador do Alviverde na década de 90 e admite que pretende um dia comandar a equipe

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

16 de janeiro de 2015 | 15h58

O técnico Cuca é o responsável por comandar o Shandong Luneng, da China, adversário do Palmeiras neste sábado, em amistoso que será realizado às 17h, no Allianz Parque. A relação com o clube alviverde é antiga e, se depender de sua vontade, será duradoura. Ele admite que pretende um dia comandar a equipe, que hoje é dirigida por Oswaldo de Oliveira.

"Lógico que em um futuro eu pretendo trabalhar aqui, mas depois de eu cumprir meus contratos na China, daqui alguns anos. Até porque, hoje (o Palmeiras) tem um grande profissional e, imagino eu, que pela montagem que ele está fazendo, vai passar muitos anos, pois está contratando bem. Junto com o Alexandre (Mattos, diretor executivo) e o Cícero (Souza, gerente de futebol)", disse o treinador, que atuou no Palmeiras em 1992, como jogador.

Apesar do desejo, o treinador garante que não chegou a ser procurado pelo Palmeiras. Seu nome foi sondado antes de Oswaldo de Oliveira acertar como substituto de Dorival Júnior. "Não teve contato algum e também não sairia, pois tenho contrato de quatro anos na China e cumpri apenas um", explicou o treinador.

Cuca fez questão de brincar bastante com Oswaldo de Oliveira durante entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira, para promover o amistoso. Em determinado momento, ao ser questionado sobre quais jogadores do Palmeiras poderiam jogar em seu clube, citou Amaral, Gabriel e Lucas e o treinador palmeirense entrou na brincadeira: "Eles poderiam mandar o Tardelli para cá, então", se referindo ao atacante que acerta os últimos detalhes para trocar o Atlético-MG pelo clube chinês.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCuca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.