Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Cuca testa três formações e pode apostar em Jucilei contra o Corinthians

Técnico do São Paulo diz que ainda não decidiu se irá escalar Hernanes como titular na decisão do Paulista

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2019 | 15h04

O técnico Cuca faz mistério quanto a escalação do São Paulo para enfrentar o Corinthians neste domingo, pela decisão do Campeonato Paulista. Sem dar muitas pistas, o treinador são-paulino concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira e disse estudar três possíveis formações e que ainda não tem assegurado a presença de Hernanes no time titular desde o início do jogo.

"A semana foi boa para nós. Ainda está faltando um dia e vamos trabalhar taticamente. Vou trabalhar algumas variações, mas testamos uma com o Jucilei, outra foi a manutenção da partida de domingo e uma terceira com jogadores mais experientes. Vamos analisar e ver onde o time se encaixa para essa decisão. Quanto a postura do Corinthians, a gente vê um time marcando pressão e achamos que eles vão manter o estilo de jogo", explicou o treinador, durante entrevista no CT da Barra Funda. 

Quanto a Hernanes, Cuca garantiu o meia na decisão, mas admitiu que dificilmente o jogador terá condições de atuar os 90 minutos. Assim, resta definir se é melhor começar ou terminar com ele em campo. 

"Claro que ele está apto para começar, mas não sei se está apto a terminar. Qual parte é mais importante? A gente tem que pesar tudo isso. Hernanes no começo, dando suporte e tranquilidade? Ou no final, tendo ele para bater pênalti? Se eu ganhar o que eu fizer vai estar certo. Se eu perder tudo que eu fizer vai estar errado", resumiu o comandante são-paulino.

O atacante Pablo recebeu alta do hospital nesta sexta-feira e já foi ao treino acompanhar a atividade dos companheiros. O jogador passou na quinta-feira por uma cirurgia para a retirada de um cisto na região da coluna, que o deixará longe dos gramados de seis a oito semanas. 

O treino foi quase todo fechado para a imprensa, que teve acesso ao local apenas nos minutos finais, onde deu para ver Nenê e Igor Gomes treinando cobranças de faltas. Antes, os atletas participaram de uma atividade tática e aprimoraram a bola parada, sob o comando de Cuca. 

Com Liziero praticamente descartado, a dúvida no time é entre Jucilei e Everton e a presença de Hernanes. Assim, o São Paulo deve ir a campo com Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Everton (Jucilei), Antony, Everton Felipe e Igor Gomes;  Gonzalo Carneiro (Hernanes).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.