Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Cuca volta a disparar críticas contra o VAR: 'Coisa chata. Falta coerência'

Árbitro de vídeo ratificou um gol e aponto um pênalti para o Vasco na partida desta quarta-feira

Redação, Estadao Conteudo

03 de setembro de 2020 | 01h14

Assim como fizera após a derrota para o Flamengo, domingo passado, o técnico Cuca usou boa parte da entrevista coletiva, após o empate com o Vasco, por 2 a 2, na Vila Belmiro, nesta quarta-feira à noite, para criticar o uso do VAR, que ratificou um gol e aponto um pênalti para os rivais cariocas.

"Domingo tivemos dois lances dentro de casa na dúvida cruel e foram dadas para o nosso adversário. Hoje mais dois lances dentro da nossa casa na dúvida cruel e foram dados de novo para o adversário. Quatro contra nós. Não poderia ter pelo menos uma para nós? Estamos com muita falta de sorte. Que coisa chata", reclamou o treinador santista.

Em um primeiro momento na entrevista, Cuca disse que não iria mais se pronunciar contra o VAR. "Esta aqui foi a última vez. A gente fica marcado porque vem aqui reclamar. Sou eu que tenho de defender o Santos porque o presidente ou o vice não podem vir aqui falar." Mas logo em seguida, o comandante santista mudou de ideia. "Eu vou vir sempre aqui. Falta coerência. No domingo passado, marcaram um impedimento por causa de um ombro à frente, hoje não. Então, fica difícil", disse. "Não tem como vir aqui (na entrevista) e não falar no VAR".

Apesar de toda a reclamação, Cuca elogiou o desempenho de sua equipe e também do Vasco. "Eles fizeram uma marcação muito boa e conseguiram anular algumas de nossas jogadas. Acho que no geral a gente merecia a vitória, mas o Vasco também fez uma boa partida."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.