Rodrigo Duarte/Inter
Rodrigo Duarte/Inter

Cuesta esquece briga com Renato e aposta em título do Inter fora de casa

Time colorado enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira, como visitante, na decisão do Estadual

Redação, Estadão Conteúdo

16 de abril de 2019 | 22h47

O zagueiro Victor Cuesta não pensa mais na briga que teve com o técnico gremista Renato Gaúcho no fim do primeiro tempo do jogo de ida no Beira-Rio e aposta na conquista do título gaúcho pelo Internacional, nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena.

"O que acontece dentro do campo fica ali, para mim. Às vezes o jogo está quente. Tem confusões, mas, como eu disse, o que acontece fica ali. Eu não gosto de vir ali para a coletiva e falar de outros jogadores, outros treinadores, como alguns jogadores têm feito", disse o zagueiro argentino

Cuesta disse confiar em uma grande atuação do Inter no campo do rival. O defensor apontou que o time só precisa ter um melhor aproveitamento quando as oportunidades surgirem, algo que ele acredita ter faltado no 0 a 0 do último domingo no Beira-Rio.

"Jogo difícil. A gente fez um bom jogo em casa. Faltou definir as chances que tivemos. Temos que manter a mesma intensidade e ir lá e tentar ganhar, porque a gente pode ganhar lá. A gente confia no nosso time. A gente já venceu e fez bom jogo contra time do tamanho do Grêmio, a gente jogou contra o River aqui na Libertadores. Então a gente tem condições de vencer o Grêmio."

O técnico Odair Hellmann só vai saber momentos antes do jogo se o capitão Rodrigo Dourado vai participar do Gre-Nal de número 420. O jogador sofreu uma entorse no joelho esquerdo na vitória por 3 a 2 sobre o Palestino, na última terça-feira, pela Copa Libertadores, e não voltou mais a treinar. Só fez trabalhos na academia, a partir de domingo. O tratamento é feito em três turnos todos os dias, inclusive na casa do atleta.

Caso o volante não atue, a vaga será preenchida por Rodrigo Lindoso, pois Rithely, que atuou no domingo, sofreu uma lesão muscular no músculo posterior da coxa direita. O provável time que Hellmann deve colocar em campo deve ter: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso (Rodrigo Dourado), Edenílson, Patrick, William Pottker e Nico López; Paolo Guerrero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.