Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Cueva diz que ainda não rendeu o que espera no Santos: 'Falta muito'

Meia peruano disputou três partidas pela equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli

Redação, Estadão Conteúdo

01 de março de 2019 | 20h06

Anunciado há menos de um mês como reforço do Santos, o meia Cueva atuou em três partidas com a camisa do clube até o momento. Por mais que tenha desempenhado um bom futebol, o peruano admitiu nesta sexta-feira que ainda está longe do nível que espera para sua sequência na equipe.

"Falta muito, não tive o desempenho que queria ainda. Não joguei muitas vezes seguidas, mas isso não é desculpa para dizer que não estou bem. Penso que estou bem, mas posso dar mais e é o princípio de algo bom. Uma oportunidade em um clube grande como o Santos é para me esforçar e corresponder", declarou.

Cueva não pôde estar em campo nas duas partidas diante do River Plate, do Uruguai, pela primeira fase da Copa Sul-Americana, por causa de uma suspensão. E sua ausência foi bastante sentida pelo time brasileiro, que acabou eliminado na terça ao empatar por 1 a 1 em pleno Pacaembu.

"Sem dúvida, ficamos triste com a eliminação. Mas o grupo fez um grande esforço. Lamentavelmente, não conseguimos o resultado que queríamos, mas a cabeça do grupo está nas competições que restam. Vamos disputar as partidas como finais, porque queremos dar um título ao Santos. Não tem mais o que lamentar, passou", afirmou.

Se a ordem no Santos é juntar os cacos após a surpreendente queda, Cueva pode ser peça importante no fim de semana. A tendência é que ele seja titular no confronto diante do Oeste, neste sábado, no Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.