Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Cueva exalta reação do São Paulo, mas reconhece: 'Sofremos para controlar a situação'

Time de Dorival Junior fez primeiro tempo ruim, mas voltou bem na segunda parte e eliminou o CSA na Copa do Brasil

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2018 | 23h59

Depois de um primeiro tempo ruim, o São Paulo conseguiu se acertar e, no segundo tempo, fez 2 a 0 e eliminou o CSA da Copa do Brasil nesta quinta-feira, no estádio Rei Pelé. Para o meia Cueva, que marcou o segundo gol do time, parte do mau desempenho técnico da primeira parte é mérito da equipe rival.

São Paulo se acerta no intervalo, bate o CSA e avança na Copa do Brasil

"São Paulo saiu para jogar de igual para igual, como time grande", disse o meia, na saída de campo. "Tem de dar mérito ao rival, que jogou bem, mas penso que com o calor sofremos para controlar a situação. Depois nos encontramos melhor no segundo tempo."

O peruano se mostrou satisfeito com a capacidade de reação mostrada pelo time na segunda parte, e pede que a equipe tenha sempre uma postura superior nos jogos. "É o que queremos. Tem de dar mérito ao rival também que joga bem futebol. Mas com a qualidade que tem, o São Paulo precisa sempre jogar na frente."

Classificado para a terceira etapa do torneio nacional, o São Paulo jogará na próxima fase com o CRB, que eliminou o Novo Hamburgo também nesta quinta. Serão dois jogos, ida e volta, com data e mandos definidos em sorteio na próxima quarta, às 11h.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo para o clássico com o Santos pela 8ª rodada do Campeonato Paulista. Por causa do duelo contra o CSA, o jogo contra o Ituano, pela 7ª rodada do Estadual, que seria nesta quinta, foi adiado para o dia 21.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.