Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Cueva se diz adaptado ao Santos e espera manter retrospecto em clássicos

Peruano, que enfrenta o Palmeiras neste sábado, marcou quatro gols contra rivais quando defendia o São Paulo

Redação, Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2019 | 15h56

Em apenas duas semanas no Santos, o meia Cueva garantiu já estar totalmente adaptado ao clube e tendo o desempenho que esperava. Feliz na nova casa, o peruano explicou que o técnico Jorge Sampaoli se tornou peça importante nesta ambientação e celebrou o bom momento dele e da equipe.

"Fui muito bem recebido por todos. Estou feliz e já jogando 100% do que pretendo. Pouco a pouco vou me adaptando ao ritmo. O Sampaoli é um treinador de alto nível e sempre vai exigir o máximo de cada jogador. Estou há 14 dias no clube e me sinto muito bem. É seguir trabalhando para buscar o que o professor quer e conquistarmos as vitórias", declarou ao site do clube.

Desde sua chegada, Cueva disputou apenas duas partidas pelo Santos, venceu ambas, mas ainda não anotou gols nem assistências. O peruano agora espera balançar a rede pela primeira vez com a camisa alvinegra diante do Palmeiras, neste sábado, no Allianz Parque. Ele tem bom retrospecto em clássicos e marcou quatro gols em partidas contras os rivais quando vestia a camisa do São Paulo.

"Um clássico é diferente. Sempre precisamos vencer. Acredito que estamos preparados para encarar essa partida. Fui bem em alguns clássicos paulistas quando estive em campo, mas isso é passado e agora estou no Santos FC. Quero dar o melhor de mim aqui dentro para alcançar a vitória neste primeiro clássico pelo clube. Vamos trabalhar ao máximo para seguir dando alegrias para a nossa torcida", comentou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.