Divulgação/ Cuiabá EC
Divulgação/ Cuiabá EC

Cuiabá anuncia Alberto Valentim, ex-Palmeiras e Botafogo, como novo treinador

Treinador mineiro também acumula passagens por Vasco, Avaí, Red Bull Brasil e Pyramids

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2021 | 19h40

Alberto Valentim é o novo técnico do Cuiabá. A equipe mato-grossense anunciou o nome do treinador de 46 anos nesta quinta-feira. Valentim será o comandante do time em sua primeira participação na Série A do Campeonato Brasileiro. Ele fez seu último trabalho pelo Botafogo entre o fim de 2019 e o início de 2020.

Antes disso, o técnico mineiro já havia passado pela equipe alvinegra, conquistando o Campeonato Carioca de 2018. Alberto Valentim começou sua trajetória como auxiliar-técnico no Athletico-PR e no Palmeiras. Em 2017, assumiu efetivamente a primeira equipe profissional, o Red Bull Brasil, onde não ficou por muito tempo. Depois, retornou à antiga função na equipe alviverde e comandaou os trabalhos no fim da temporada após a saída de Cuca.

Valentim, no entanto, não continuou no cargo para a temporada seguinte, e foi contratado pelo Botafogo. Com o bom trabalho na equipe carioca, foi convidado a assumir o egípcio Pyramids, que fazia alto investimento. Foi demitido, após desacatar ordens dos dirigentes da equipe e escalar o atacante Ribamar, atualmente no América-MG.

Em 2018, o treinador chegou ao Vasco e conseguiu livrar a equipe do rebaixamento na Série A. No ano seguinte, conquistou a Taça Guanabara pelo cruz-maltino, foi vice-campeão da Taça Rio e acabou desligado após perder o título carioca para o Flamengo. No mesmo ano, comandou o Avaí. Sem bons resultados, deixou a equipe catarinense e retornou ao Botafogo, terminando o Brasileirão em 15.º. O início de 2020 não foi bom para o time de General Severiano, que não deu sequência ao trabalho de Valentim.

Pelas redes sociais, o novo treinador do Cuiabá enviou um recado aos torcedores, elogiou o desenvolvimento do clube e prometeu fazer todos os esforços possíveis para equipe realizar boa temporada.

"Muito feliz por ter acertado a minha chegada ao Dourado. Este clube que nos últimos anos vem crescendo a cada dia, com um projeto sólido, sério, com pessoas responsáveis. Podem ter certeza que eu, a minha comissão técnica, a comissão fixa, a diretoria e todos os jogadores faremos o máximo para esse clube fazer uma grande temporada na Série A do Campeonato Brasileiro de 2021", finalizou o treinador.

Em 2020, Marcelo Chamusca foi o responsável por conduzir o Cuiabá em parte da disputa da Série B, deixando a equipe ao receber proposta para substituir Rogério Ceni no Fortaleza. Allan Aal assumiu a função e garantiu o acesso, com o 4.º lugar, mas acabou desligado da equipe e hoje comanda o Guarani.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.