Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Curta pré-temporada preocupa Camilo antes de estreia do Inter no Estadual

No entanto, jogador destaca que manutenção do elenco pode ser um fator positivo

Estadão Conteúdo

15 Janeiro 2018 | 13h34

Às vésperas da estreia do Internacional no Campeonato Gaúcho, o meia Camilo admitiu certa preocupação com a preparação da equipe para as primeiras rodadas. O jogador acredita que, em razão da curta pré-temporada, o Inter terá desvantagem em comparação aos times do interior.

+ Tabela do Campeonato Gaúcho

"A preparação está muito boa. Claro, a gente pode ter dificuldade no início dos jogos. Isto é normal por conta de as outras equipes estarem a mais de um mês já treinando. Mas vamos entrar com intensidade, procurar jogar da maneira que ele (o treinador) está pedindo, para vencermos os jogos", declarou o jogador.

A pré-temporada deste ano é mais curta porque os Estaduais estão começando quase duas semanas mais cedo do que em 2017 - os maiores terão início no meio desta semana. A mudança no calendário, e a consequente redução do período de preparação para o ano, se deve à Copa do Mundo, em junho.

Na avaliação de Camilo, o tempo menor não deve ser maior problema porque os jogadores se apresentaram em boas condições, na primeira semana do ano. "A maioria dos jogadores se apresentou muito bem. Encurtamos alguns trabalhos, a intensidade está alta. A gente já conhece a filosofia de jogo. Odair passa ideias boas e a gente já tem uma base. Isto é muito importante. A gente espera poder ter resultados", disse o meia, referindo-se ao técnico Odair Hellmann.

Apesar do menor tempo de treinos, Camilo mantém a confiança na equipe. Para ele, a manutenção da maior parte do elenco do clube é um trunfo do Inter para este Estadual. "A gente já conhece as características dos companheiros. Isto facilita o trabalho. A gente já conhece a movimentação, como os demais atletas gostam de receber a bola, uns mais no pé, outros mais em velocidade, outros mais dentro da área. Temos essa noção."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.