Cusparada em Kardec pode render punição de 12 jogos

O volante Willians, do América-MG, pode ficar suspenso por até 12 jogos por ter cuspido no atacante palmeirense Alan Kardec no jogo entre as equipes realizado no último sábado, pela Série B. A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) afirmou nesta segunda-feira que pediu as imagens da confusão entre jogadores para avaliar se cabe denúncia.

CIRO CAMPOS, Agência Estado

16 de setembro de 2013 | 14h53

"Já pedimos as imagens para analisar e fazer a denúncia. O jogador pode pegar de seis a 12 jogos de suspensão", explicou o procurador do STJD, Paulo Schmitt. A punição está prevista no artigo 254-B do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. A cusparada não foi relatada na súmula pelo árbitro Cláudio Mercante Junior.

A confusão começou no segundo tempo, quando Alan Kardec se desentendeu com o goleiro Mateus após uma dividida. Eles começaram a discutir e depois, vários jogadores também começaram a participar da confusão. No meio do empurra-empurra, as imagens da transmissão da televisão flagram a cusparada, que não foi relatada pelo árbitro na súmula. Apesar disso, Willians e Kardec foram expulsos.

A partida no estádio Independência, em Belo Horizonte, terminou empatada em 1 a 1 e freou a sequência de triunfos das duas equipes. Ambas vinham de duas vitórias consecutivas, porém continuam bem colocadas na competição mesmo após o tropeço. O Palmeiras ainda é o líder e o América-MG, ocupa o sétimo lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.