Da Silva pronto e à disposição de Cuca

Há um mês se recuperando de contusão, o volante Da Silva deve ser a principal novidade do Flamengo no clássico contra o Fluminense, domingo, pela final da Taça Rio, no Maracanã. Embora admita estar fora de forma, Da Silva mostrou-se otimista com a possibilidade de ser escalado pelo técnico Cuca. "Estou pronto para jogar. Mas se não for possível, quero até uma vaga no banco para curtir esse momento de alegria com o elenco", declarou.Da Silva buscou na fé e no apoio da família e da torcida rubro-negra um estímulo para superar, segundo ele, um dos momentos mais difíceis de sua carreira. Ele teve um problema de pneumotórax (entrada de ar entre o pulmão e o tórax) no fim do confronto contra o Volta Redonda, pela segunda rodada da Taça Rio, no dia 27 de fevereiro. O jogador descobriu, por meio de exames, que tinha uma bolha próxima ao pulmão, que poderia ter lhe tirado a vida.Foi submetido a cirurgia e ficou quase uma semana internado em um hospital do Rio. "Gosto de entrar em campo e dar o máximo para o time sair com a vitória. Torcer é pior do que jogar. Minha mão sua e dou soco no vento", contou Da Silva, cotado para entrar no lugar do atacante Emerson a fim de reforçar a marcação no meio-de-campo. O meia Fellype Gabriel, possivelmente, atuará mais adiantado ao lado de Dimba ou Alessandro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.