Dagoberto é relacionado, mas vai ficar no banco de reservas

Técnico Muricy Ramalho escala Borges no treino para ser o companheiro de Aloísio no ataque são-paulino

Redação,

15 de fevereiro de 2008 | 12h39

O técnico Muricy Ramalho relacionou o atacante Dagoberto para a partida do São Paulo contra o Marília, neste domingo, no Estádio Bento de Abreu. No entanto, o jogador vai começar no banco de reservas e Borges será o companheiro de Aloísio no ataque.   Borges e Dagoberto (que voltou de contusão) disputam a vaga de Adriano, que cumpre suspensão automática por ter sido expulso diante do Santos - o Imperador será julgado pelo TJD na próxima semana e pode levar um gancho de 120 dias.   Aloísio ficou satisfeito com a escolha de Muricy. "Eu e o Borges já jogamos juntos e fizemos boas partidas", conta o atacante. "O Dagoberto está voltado de lesão e estava parado. Acredito que faremos um bom jogo."   Outra novidade é Hugo, que ocupará a vaga no meio no lugar de Richarlyson, suspenso. Jorge Wagner será deslocado para a lateral. Na zaga, Miranda, com problemas na coxa, continua fora. Alex deve ser escalado.   Se manter o time que treinou nesta sexta-feira, o São Paulo vai a campo com: Rogério Ceni; Alex, Juninho e André Dias; Reasco, Fábio Santos, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Borges e Aloísio.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.