Dagoberto promete brilhar no Pré-Olímpico

O Pré-Olímpico é a chance que Dagoberto sonhava para espantar a "uruca" que o perseguiu em suas últimas participações com a camisa da seleção. Nos Jogos Pan-Americanos, ele ficou fora da final contra a Argentina por ter torcido o tornozelo direito na semifinal, diante do México. No recém-disputado Mundial Sub-20, o problema no tornozelo o impediu de jogar normalmente e por isso participou pouco do torneio."Agora estou ´zerado´ e com muita vontade de jogar. Espero que desta vez não tenha nenhum problema", afirmou o atacante do Atlético-PR.No Mundial Sub-20, Dagoberto pagou o preço de ser um jogador-chave no Atlético. Quando voltou do Pan, ele não pôde se tratar como deveria porque a equipe estava precisando de seu futebol. "O time estava perto da zona de rebaixamento, então eu tive de jogar.O problema no tornozelo se tornou crônico e acabou me atrapalhando muito no Mundial. Por isso, ser chamado para o Pré-Olímpico foi uma surpresa maravilhosa para mim", contou o jogador.Dagoberto foi um dos destaques da seleção que ficou em segundo lugar no Sul-Americano Sub-20 do ano passado. Fez quatro gols e encheu os olhos com seu futebol rápido e cheio de dribles. No Pan, marcou três gols e fez uma ótima dupla com Vágner Love. Não pôde ser titular no Mundial, mas agora é um dos 11 escolhidos por Ricardo Gomes para a estréia no Pré-Olímpico."Ele (Ricardo Gomes) me pede para entrar mais na área e me orienta para ajudar a fechar os espaços quando não tivermos a bola. Conheço bem o Daniel Carvalho porque jogamos juntos na Sub-20 e estou me entrosando rapidamente com os outros", disse Dagoberto.Um bom desempenho pode ajudá-lo a chamar a atenção de um clube europeu. "Tenho contrato com o Atlético até 2006, mas estou trabalhando para realizar o sonho de jogar na Europa", admitiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.