Denilton Dias/Vipcomm
Denilton Dias/Vipcomm

Dagoberto volta e Everton Ribeiro desfalca o Cruzeiro no Mineiro

Treinador irá promover a entrada de Willian no ataque cruzeirense

Agência Estado

28 de março de 2014 | 15h33

BELO HORIZONTE - O técnico Marcelo Oliveira confirmou nesta sexta-feira a escalação do Cruzeiro para a partida contra o Boa, neste domingo, às 16 horas, no Mineirão, pelo confronto de volta da semifinal do Campeonato Mineiro. Recuperado de uma pancada nas costas, Dagoberto está garantido no duelo, enquanto Everton Ribeiro, com dores musculares, será poupado e desfalcará a equipe.

Sem Everton Ribeiro, o treinador irá promover a entrada de Willian ao lado de Júlio Baptista e Dagoberto no setor ofensivo, enquanto Ricardo Goulart será o principal responsável pela armação das jogadas ofensivas. "O Everton Ribeiro vai ficar de fora. Ele não tem lesão, está com a perna um pouco dolorida na região posterior e achamos por bem preservá-lo para este jogo", afirmou Marcelo Oliveira.

Fora deste confronto, Everton Ribeiro, porém, tem presença garantida na partida decisiva contra a Universidad de Chile, na próxima quinta-feira, em Santiago, pela Copa Libertadores. Ele já havia ficado de fora de dois coletivos de preparação para o jogo diante do Boa e agora será preservado visando este duelo em solo chileno.

O lateral-esquerdo Samudio, por sua vez, também teve sua permanência no time titular confirmada por Marcelo Oliveira, depois de ter atuado na partida de ida contra o Boa, em Varginha. "Joga o Samudio. Nós temos dois laterais bons, de características diferentes. O Samudio fecha mais a linha de quatro e também chega com a bola à linha de fundo para bons cruzamentos. O Egídio é um jogador mais ofensivo, que tem um ótimo preparo físico e chega muito à linha de fundo, faz vários cruzamentos. Tanto um como o outro pode jogar e jogar bem", justificou.

BORGES

Outra novidade no Cruzeiro para o jogo deste domingo será a presença de Borges no banco de reservas. Recuperado de lesão, o atacante deverá atuar alguns minutos diante do Boa. "Borges teria condição de jogar um pouco, achei interessante levá-lo. Vamos ver o andamento do jogo para que a gente possa utilizá-lo ou não e ir recolocando-o gradativamente, por um tempo menor e ir aumentando, porque é um jogador fundamental, um artilheiro e um jogador da posição", disse o comandante.

Desta forma, o Cruzeiro deve ir a campo neste domingo com a seguinte formação titular: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio; Nilton, Lucas Silva e Ricardo Goulart; Willian, Dagoberto e Júlio Baptista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.