D'Alessandro marca, mas Inter cede empate ao Caxias e amplia jejum no Gaúcho

Colorado continua sem vencer no Estadual com empate por 1 a 1

Estadão Conteúdo

11 Fevereiro 2017 | 23h46

Rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado, o Internacional segue dando continuidade ao seu calvário em 2017. Mesmo contando com um gol do ídolo D'Alessandro, o time ampliou o seu jejum de vitórias para três jogos neste início de Campeonato Gaúcho ao empatar por 1 a 1 com o Caxias, no final da noite deste sábado, no Beira-Rio.

Com o resultado, a equipe colorada agora acumula dois empates e uma derrota, somando apenas dois pontos na décima e antepenúltima posição da competição estadual. E o Inter ainda corre o risco de cair para o penúltimo lugar neste domingo, quando o Ypiranga, lanterna da tabela, terá a chance de ultrapassar a equipe comandada por Antonio Carlos Zago em caso de vitória sobre o Juventude, fora de casa.

Após mais esta decepção, o Inter voltará a campo na próxima quarta-feira, quando estreará na Copa do Brasil contra o Princesa do Solimões-AM, fora de casa, às 21h45, no jogo único que definirá classificação para a próxima fase da competição. Já pelo Campeonato Gaúcho, os colorados jogarão novamente no dia 19, contra o Passo Fundo, também como visitante, na luta para encerrar seu jejum no torneio estadual.

Já o Caxias alcançou a quinta posição da tabela, com quatro pontos, dois atrás do líder Novo Hamburgo, e voltará a atuar no Campeonato Gaúcho também no dia 19, contra o São Paulo-RS, em casa.

O JOGO - No duelo deste sábado, o Inter só conseguiu assustar o adversário pela primeira vez aos 19 minutos, com Anselmo arriscando forte chute de fora da área que obrigou o goleiro Pitol a praticar boa defesa. Pouco depois, aos 24, D'Alessandro também levou perigo ao bater falta e ver Pitol espalmar para escanteio.

O Caxias, por sua vez, fez o goleiro Danilo Fernandes trabalhar aos 31 minutos em chute de Wagner, antes de Pitol voltar a salvar o Caxias ao parar uma finalização de Valdívia, aos 40.

Insatisfeito com o que via em campo, Zago voltou do intervalo colocando Carlinhos no lugar de Anselmo no meio-campo e, pouco depois, promoveu a estreia do atacante Carlos, contratado junto ao Atlético-MG, ao sacar Valdívia e pôr o reforço em campo. Pouco depois de entrar, o mesmo atacante quase marcou aos dez minutos da etapa final em finalização perigosa após dominar a bola no peito.

O primeiro gol do Inter, porém, só foi sair aos 29 minutos. O lateral Uendel, outro reforço que chegou para esta temporada após deixar o Corinthians, cruzou e encontrou D'Alessandro, que do meio da grande área acertou belo chute de primeira para balançar as redes.

Em seguida, os colorados quase ampliaram em um cruzamento de Charles que acertou o travessão e depois em finalização de Roberson que parou no goleiro Pitol. E a boa atuação do goleiro do Caxias fez diferença, pois permitiu que a sua equipe chegasse ao empate aos 35 minutos, quando Júlio César foi lançado pela direita e cruzou rasteiro para Reis receber no primeiro pau e tocar, da pequena área, no canto esquerdo baixo de Danilo Fernandes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.