D'Alessandro vê este Gre-Nal com sabor especial no Beira-Rio

Craque argentino do colorado acredita que o clássico de domingo será bastante diferente por ser o primeiro no remodelado estádio

Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 20h49

Grêmio e Internacional já se enfrentaram 401 vezes, mas o Gre-Nal deste domingo será diferente de todos os outros. Afinal, será o primeiro realizado no novo Beira-Rio, estádio reformado para a Copa do Mundo. A partida, válida pela 14.ª rodada do Brasileirão, assim, terá um gosto especial para os dois rivais.

"O Gre-Nal é diferente, um campeonato à parte, todo mundo sabe disso. E claro que o de domingo tem um valor especial para a gente. É a primeira vez que recebemos o rival na nossa casa nova, diante da nossa torcida, e os dois lados querem a vitória para marcar a data", comenta D''Alessandro, autor de oito gols nos 22 clássicos que já disputou.

No ano passado, os dois times se enfrentaram em outra ocasião especial, no primeiro Gre-Nal da Arena Grêmio, com empate em 1 a 1. Agora é a vez de o time tricolor tentar estragar a festa na casa colorada.

"A gente tem que saber que não vai ser fácil e respeitar o Grêmio, que também possui uma grande equipe. A concentração precisa ser lá em cima, maior que o normal, porque cada bola vale muito e, na maioria das vezes, o detalhe decide", pondera o argentino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.