Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Damião celebra volta e revela drama por lesão: 'Duas semanas deitado'

Atacante ficou quase dois meses afastado até voltar no último domingo

Estadão Conteúdo

26 de abril de 2018 | 16h54

Foram quase dois meses afastado do futebol até o último domingo, quando Leandro Damião finalmente voltou a campo ao atuar nos 45 minutos finais da derrota do Internacional para o Palmeiras. O resultado negativo não impediu o jogador de comemorar. Afinal, o retorno significou o fim do drama vivido pelo atacante na recuperação.

+ Inter treina com Moledo, Fabiano e Damião entre os titulares

+ Em apresentação, Zeca festeja e diz: 'Quero virar ídolo aqui'

Estou feliz por voltar a jogar. Foram duas semanas na maca, deitado, sem poder ficar em pé ou sentado. Sentado ou em pé doía muito, e a dor irradiava para o braço. Fiz bastante treino físico. Não adianta só voltar a correr, tem de ter ritmo de jogo. Quero dar meu melhor em campo agora", declarou nesta quinta-feira.

A lesão de Damião era mais grave do que se esperava. Após reclamar de dores nas costas na vitória sobre o Remo, ainda pela Copa do Brasil, no começo de março, o atacante viu os exames médicos apontarem um problema no disco intervertebral.

A contusão, além de bastante dolorosa, poderia evoluir para uma hérnia de disco caso o tratamento não fosse bem feito e o repouso respeitado. Damião viveu maus momentos na recuperação, mas, agora, só pensa em voltar a ser titular, o que pode acontecer neste domingo, em casa, diante do Cruzeiro, um adversário especial para o atacante.

"O jogo contra o Cruzeiro será especial, contra um treinador (Mano Menezes) que me comandou (no Cruzeiro), que me levou para a seleção brasileira. Eles têm Thiago Neves, Arrascaeta, caras com quem joguei, e que são fora de série. Mas os enfrentaremos de igual para igual, aqui, no Beira-Rio. Teremos respeito, mas temos de vencer", projetou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.