Damião dá sinais de que não deseja permanecer no Santos

Atacante tornou-se reserva do time da Vila Belmiro na temporada e agora tem sondagens de Cruzeiro, Flamengo e Grêmio

O Estado de S. Paulo

05 de dezembro de 2014 | 11h08

O atacante Leandro Damião já manifestou para os dirigentes da empresa que cuida de sua carreira o desejo de deixar o Santos, independentemente de quem será o novo presidente do clube e seu treinador, uma vez que a permanência de Enderson Moreira também não é certa. Ele está mais perto de sair do que de ficar. Damião passou a maior parte do segundo semestre no banco de reservas, criticado pela torcida e sem jogar um bom futebol, como nos tempos do Inter.

O fato é que Damião não quer mais ficar na Vila Belmiro. O Cruzeiro mostrou interesse em contratar o jogador. Representantes da Doyen Sports, empresa que financiou sua contratação, analisa ofertas. O grupo pagou R$ 42 milhões pelo atacante e sabe que a temporada não o valorizou. Daí a necessidade de renegociá-lo. O Cruzeiro faz contratações pontuais para a próxima temporada, quando defenderá o título nacional. O campeão brasileiro entende também que precisa de um atacante forte e trombador para a Libertadores, maior objetivo do clube mineiro em 2015.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;" CLASS="IMGEMBED

Grêmio e Flamengo manifestaram interesse no jogador no passado. Damião ainda tem contrato com o Santos e ganha em torno de R$ 500 mil por mês - mais um motivo para fazer com que o time da Baixada aceite uma negociação. O clube passa por eleições neste sábado e a atual diretoria já informou aos seus associados de que a cota de televisão de 2015, na ordem de R$ 45 milhões, já foi antecipada e gasta com o pagamento da folha de pagamento deste ano.

O Santos ainda não pagou pelo atacante. O acordo prevê que o pagamento comece em 2017 apenas. Antes disso, em caso de venda de Damião, o Santos tem direito a 20% caso o valor supera os R$ 42 milhões pagos pelos seus direitos federativos. Damião fez 11 gols pelo clube nesta temporada, dois deles na vitória que rebaixou o Botafogo. Ele treina entre os titulares do Santos para a última partida da temporada, neste domingo, contra o Vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.