TV Inter/Reprodução
TV Inter/Reprodução

Damião e Moledo fazem treino físico e se aproximam de volta ao Inter

Atacante e zagueiro, no entanto, ainda são dúvida para enfrentar o São Paulo, no domingo

Estadão Conteúdo

08 Outubro 2018 | 19h10

A reapresentação do Internacional após a derrota por 2 a 1 para o Sport, na Ilha do Retiro, trouxe boas novidades ao técnico Odair Hellmann. Em fase final de recuperação de lesões, o zagueiro Rodrigo Moledo e o centroavante Leandro Damião fizeram um leve trabalho físico, dando esperanças de que possam ser aproveitados pelo time na sequência do Campeonato Brasileiro.

No CT do Parque Gigante, Moledo e Damião realizaram atividades na academia e uma corrida no gramado. O centroavante sofreu lesão no músculo adutor da coxa direita no triunfo sobre o Vitória, ficando de fora do duelo com o Sport. E há a expectativa de que possa ser aproveitado na partida contra o São Paulo, domingo, no Beira-Rio.

Essa chance é remota para Moledo, especialmente porque a sua ausência é bem maior. O zagueiro reclamou de problema na coxa direita na sequência da derrota para a Chapecoense, em 17 de setembro. E essa inatividade demanda mais tempo de recuperação física.

Certo mesmo é que o São Paulo terá os retornos do zagueiro Victor Cuesta e do meio-campista Edenilson, que estavam suspensos na partida contra o Sport. Em entrevista coletiva, o volante destacou o peso do confronto de domingo - o Inter é o segundo colocado com 53 pontos, apenas um a mais do que o time paulista, o quarto, e a três do líder Palmeiras.

Além disso, mostrou confiança no fator casa. Depois do duelo com o São Paulo, o Inter medirá forças com o Santos, em 22 de outubro, novamente no Beira-Rio. "Temos um confronto direto, que pode nos ajudar a nos manter na parte de cima da tabela. O fator casa tem nos ajudado, a partir de agora são dez jogos e precisamos ter regularidade", afirmou o camisa 8.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.