Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Damião pode ser denunciado no STJD por simular puxão

Procurador Paulo Schmidt não quis antecipar em qual artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva

SANCHES FILHO, O Estado de S. Paulo

13 de outubro de 2014 | 18h49

Leandro Damião ainda não está livre de ser punido pela sua inusitada atitude de puxar a própria camisa, supostamente para induzir o juiz Péricles Bassols a marcar pênalti a favor do Santos, no jogo contra o Criciúma, domingo, no estádio Heriberto Hulse. Embora não tenha sido vista pela arbitragem, a cena foi flagrada por câmeras da televisão e está sendo analisada pelo procurador-geral do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Paulo Schmidt, que não descarta a possibilidade de denunciá-lo.

"Estou avaliando as imagens e amanhã (terça) dou a resposta", disse Schimidt à reportagem. O procurador não quis antecipar em qual artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva Leandro Damião poderá ser denunciado caso se chegue à conclusão de que ele teria agido com a intenção de ludibriar o juiz.

Damião negou que puxou a camisa para enganar Bassols e ser beneficiado com a marcação de pênalti. O treinador Enderson Moreira disse não ter visto o jogador puxando a camisa e que vai ver as imagens para saber o que houve. "Se teve alguma coisa de anormal, vamos conversar internamente e posso punir o jogador. Temos de jogar limpo", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCBrasileirãoSTJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.