Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Damião tem lesão confirmada, para por 10 dias e vira 4ª baixa do Inter

Atacante não enfrentará o Sport, sexta-feira, na Ilha do Retiro

Estadão Conteúdo

02 Outubro 2018 | 16h14

O técnico Odair Hellmann somou mais um desfalque no time do Internacional para o jogo de sexta-feira, na Ilha do Retiro, no Recife, diante do Sport, às 19 horas, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Trata-se do atacante Leandro Damião, que sofreu uma lesão muscular grau 1 na coxa direita durante o triunfo sobre o Vitória, no último domingo, no Beira-Rio. O tempo estimado para a sua recuperação é de dez dias.

Damião é quarta baixa da equipe colorada, que também não poderá contar com os zagueiros Rodrigo Moledo e Víctor Cuesta, lesionado e suspenso, respectivamente, e o meio-campista Edenilson, advertido com o terceiro cartão amarelo na rodada passada e outro que cumprirá suspensão.

Sem Cuesta e Moledo à disposição, Klaus e Emerson Santos deverão formar a dupla de zagueiros na sexta-feira. Klaus deu entrevista coletiva nesta terça-feira e analisou a oportunidade de começar o confronto como titular. "O grupo tem mostrado sua força. Todo mundo entra e joga bem. O time tem mudado bastante e não tem deixado cair o rendimento. Cada peça é importante para a sequência no campeonato", afirmou.

Sobre o fato de o Inter não ter vencido fora de casa nos três últimos jogos - dois empates e uma derrota -, o defensor afirmou que o equilíbrio será grande nesta reta derradeira do Brasileirão. "Todos os times estão com objetivos definidos. Está sendo difícil para todo mundo pontuar fora de casa", disse.

No treino desta terça-feira, Odair Hellmann comandou uma atividade tática que contou apenas com dois jogadores que iniciaram a partida contra o Vitória no último domingo: Cuesta e o atacante William Pottker. O restante do grupo fez trabalhos físicos na academia e correu ao redor do campo.

O Inter lidera o Campeonato Brasileiro, ao lado do Palmeiras, com 53 pontos - perde no saldo de gols (23 a 18). O São Paulo, com 52 pontos, é o terceiro colocado, enquanto Grêmio é o quarto, com 50.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.