JuanJo Martín/EFE
JuanJo Martín/EFE

Daniel Alves completa 700 jogos como jogador profissional

Marca será alcançada nesta quarta-feira, na partida do Barcelona contra o Levante, na Copa do Rei

O Estado de S. Paulo

21 de janeiro de 2014 | 17h51

SÃO PAULO - O lateral-direito da seleção brasileira e do Barcelona, Daniel Alves, completará 700 jogos como profissional nesta quarta-feira, no confronto entre o time catalão e o Levante, válido pelas quartas de final da Copa do Rei. O jogador, que começou no Bahia, tem 13 anos de carreira e, além do clube baiano e do Barcelona, vestiu a camisa do Sevilla.

Conhecido pelo apoio constante ao ataque - em alguns jogos atuando como ala pela direita -, Daniel Alves tem 52 gols marcados na carreira. O número de assistências, por sua vez, é de 138. Dos 699 jogos já disputados, o jogador conquistou 447 vitórias. O lateral defendeu o Bahia até 2003, disputando 58 jogos e marcando seis gols no total.

Depois, acertou sua transferência para o Sevilla, onde ficou até 2008. No total, foram 21 gols marcados em 274 jogos. No Barcelona, Daniel Alves soma 294 jogos e 20 gols feitos. Na seleção brasileira, são 73 partidas. O lateral foi às redes em cinco oportunidades. Aos 30 anos, o lateral-direito deve estar na lista final do técnico Luiz Felipe Scolari para a disputa da Copa. Dessa forma, Daniel disputará seu segundo Mundial.

Aos 30 anos, o atleta conquistou 25 títulos na carreira: um pelo Bahia, cinco pelo Sevilla e 16 pelo Barcelona, além de três pela seleção Brasileira (Copa América 2007 e a Copa das Confederações em 2009 e 2013). Na semana passada, o jogador foi eleito pela quarta vez o melhor lateral direito de 2013 - ele recebeu o prêmio em 2009, 2011, 2012 e 2013. 

O contrato com o Barcelona termina em junho de 2015. No último fim de semana, Xavi, companheiro de Daniel Alves no clube, chegou à marca de 700 jogos pelo Barcelona durante a vitória por 2 a 0 diante do Getafe. O meia, que defende o time há 16 temporadas, é o recordista de partidas do clube catalão. O zagueiro Migueli, que atuou em 549 jogos, entre 1973 e 1988. Puyol também repetiu a façanha e já ocupa a segunda posição, com 589 partidas. Valdés é o quarto, com 522, seguido de Iniesta, com 483.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterDaniel AlvesBarcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.