Salom Gomis/AFP
Salom Gomis/AFP

Daniel Alves marca, mas PSG leva virada do Nantes e tem título adiado outra vez

Pela terceira vez, equipe de Paris tem a chance de ser campeã com apenas uma vitória, mas decepciona sua torcida

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2019 | 16h37

Pelo terceiro jogo consecutivo, o Paris Saint-Germain vacilou em uma oportunidade de garantir o título do Campeonato Francês. Depois de ter fracassado em partidas contra Estrasburgo e Lille, o time chegou a abrir o placar com um gol de Daniel Alves, mas levou uma virada ainda no primeiro tempo e acabou sendo derrotado por 3 a 2 pelo Nantes, fora de casa, em confronto adiado da 28ª rodada da competição.

Com o resultado, o PSG seguiu estacionado nos 81 pontos na liderança e ainda não livrou o risco de ser alcançado pelo Lille, vice-líder, que no último domingo aplicou uma humilhante goleada por 5 a 1 sobre a equipe parisiense. Com 64 pontos, o time pode somar até 82 se vencer os seus últimos seis jogos pelo torneio.

Leia Também

Notícias do PSG

Antes destas duas derrotas, os comandados do técnico Thomas Tuchel decepcionaram os torcedores que lotaram o Parque dos Príncipes, no último dia 7, quando não conseguiram passar de um empate por 2 a 2 com o Strasbourg.

E será justamente em seu estádio que o PSG terá nova oportunidade de conquistar o bicampeonato francês neste domingo, quando recebe o Monaco, às 16 horas (de Brasília), pela 33ª rodada da competição. No mesmo dia, mas bem mais cedo, às 10h, o Lille enfrenta o Toulouse, fora de casa, e precisa vencer para evitar que o time de Neymar entre em campo já com o título assegurado por antecipação.

No duelo desta quarta em Nantes, o time visitante saiu na frente com um golaço de Daniel Alves aos 18 minutos do primeiro tempo. Após receber a bola com liberdade, o lateral-direito arriscou o chute de longa distância e acertou o ângulo do goleiro Dupé: 1 a 0.

Já aos 21, porém, o Nantes chegou ao empate por meio de um gol marcado por outro jogador brasileiro. Depois de cobrança de escanteio, o zagueiro Diego Carlos aproveitou falha da marcação do PSG e, da pequena área, completou de cabeça para as redes.

E o Nantes assegurou a virada ainda na etapa inicial, aos 43 minutos, quando Coulibaly foi lançado pela esquerda, deu belo drible em Kehrer, deixando o defensor no chão, e cruzou para Waris, livre na pequena área, tocar a bola para as redes.

O PSG voltou para a etapa final com a missão de virar o jogo para ficar com a taça, mas acabou sofrendo o terceiro gol aos 6 minutos. E de novo brilhou a estrela de Diego Carlos, que teve sorte ao ficar com a sobra de uma bola cortada sem sucesso por Kurzawa, depois de outra cobrança de escanteio, e completar com os pés para o gol.

Depois disso, o time parisiense correu sério risco de sofrer nova goleada ao ver o Nantes desperdiçar ótimas oportunidades de ampliar. Choupo-Moting carimbou a trave em raro lance ofensivo dos visitantes, que conseguiram descontar o placar no fim, aos 43 minutos. Após lançamento de Daniel Alves, Dagba recebeu pela direita e tocou para Guclu finalizar rasteiro e selar o 3 a 2.

Este resultado também serviu para evidenciar o momento ruim do setor defensivo do PSG, que sofreu dez gols nos seus últimos três jogos pelo Campeonato Francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.