Daniel e Marcinho voltam ao Palmeiras

Ao invés de brincadeiras, caras fechadas e nenhum sorriso. A tristeza pela morte do zagueiro Serginho era visível no Centro de Treinamentos do Palmeiras, nesta quarta-feira. Especialmente do zagueiro Daniel, dos meias Claudecir e Adãozinho e do volante Magrão, que atuaram por vários anos no time do ABC e foram companheiros do zagueiro do São Caetano."É um momento triste não apenas para nós, mas para todos os torcedores brasileiros", disse Claudecir, único jogador que quis dar entrevistas após o treino da manhã. "Fui companheiro de quarto dele várias vezes e a imagem que fica é a de uma pessoa dedicada, determinada nos seus objetivos e um verdadeiro guerreiro em campo." Ao contrário do que se esperava, o técnico Estevam Soares não comandou nenhum treino coletivo. Os jogadores fizeram um treino de conjunto, mas sem distinção entre titulares e reservas. Assim, o técnico Estevam Soares adiou para esta sexta-feira a decisão sobre a escalação do time.Para o jogo deste sábado, contra o Grêmio, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, a defesa terá o retorno de Daniel e o volante Marcinho retorna ao meio-campo. Ambos cumpriram suspensão na vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo. A dúvida está entre Claudecir ou Correia, na vaga de Diego Souza, expulso contra o time carioca. O atacante Osmar ainda sente dores no joelho esquerdo e é dúvida.

Agencia Estado,

28 de outubro de 2004 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.