Vinicius Vieira/Divulgação
Vinicius Vieira/Divulgação

Daniel Guedes vê convocações como sucesso do Santos

Lateral brinca e diz que desfalque por causa de seleção é positivo

O Estado de S.Paulo

13 de novembro de 2015 | 16h12

O técnico Dorival Júnior não terá todo o elenco do Santos para treinar até o retorno do Campeonato Brasileiro porque quatro titulares estarão defendendo seleções e voltarão ao trabalho praticamente sem aproveitar a paralisação das competições. Lucas Lima e Ricardo Oliveira estão com a seleção brasileira principal e Zeca e Gabriel defendem o time olímpico nacional. Para o lateral-direito Daniel Guedes, as ausências são um sinal da qualidade do elenco santista.

"Convocações são naturais e são consequências do sucesso da equipe. Estávamos desacreditados no começo do ano, com ninguém entre os melhores do campeonato e na seleção. Espero não perdermos jogadores por lesões, mas enquanto os desfalques forem por (motivo de convocação para) seleção, ficaremos felizes. Além disso, temos substitutos de alto nível", disse o lateral de 21 anos.

Para o santista, o momento é de erro zero, já que muitos times ainda estão na briga por uma vaga no G4 do Brasileirão e só três equipes parecem manter a regularidade. "Chegar (no G4) as equipes conseguiram, mas, se manter, só Corinthians, Atlético-MG e Grêmio, que ganharam vantagem, e nós, que brigamos com três ou quatro equipes coladas. Não podemos vacilar" alertou.

Daniel Guedes se tornou titular do Santos graças a lesão de Victor Ferraz, que corre contra o tempo para conseguir ter condições de atuar nas finais da Copa do Brasil, contra o Palmeiras, nos dias 25 de novembro e 2 de dezembro. O curioso é que desde a entrada do garoto no time, a equipe alvinegra não perdeu mais. Foram seis partidas, nas quais acumulou quatro vitórias e dois empates.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCDaniel Guedes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.